Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

POLÊMICA NA PARTICIPAÇÃO DE PATRICIA MARX NO POPSTAR

Patricia Marx pegou todo mundo de surpresa no domingo, avisando pouco antes de entrar ao vivo no ar que participaria do programa Popstar, na TV Globo, como especialista convidada para avaliar os participantes, ao lado de outros convidados como Angélica, Flávio Venturini, Karol Conka, entre outros. Era a semifinal da competição, e seriam definidos os outros 4 finalistas que concorreriam com a já classificada Malu Rodrigues. O programa começou e Patricia foi muito coerente nos comentários, sempre procurando dar boas dicas aos concorrentes,  sobretudo ressaltando que não era preciso só cantar, mas também sentir o que estava dizendo a letra. Inclusive foi a primeira a ser chamada pela apresentadora Taís Araújo para dar sua avaliação ao artista que abriu o programa, o ator Mohamed Harfouch. Ela elogiou bastante os atores João Côrtes (claramente o seu preferido do dia) e Jennifer Nascimento, não por acaso os escolhidos por todos os especialistas para ir para final (a jornalista Renata Capucci também foi classificada).

A primeira fase seguiu sem problemas até começar a segunda fase, onde todos os restantes teriam que brigar pelas duas últimas vagas.  Depois que a atriz Lua Blanco cantou a sua segunda música da noite, "Como Nossos Pais", Patricia (que lhe deu nota 9.8) fez alguns comentários que desagradaram seus fãs. Mesmo elogiando a sua afinação e sua voz, ela disse que faltava sentir verdade no que estava cantando e comentou o quanto era difícil aquela música pra quem não viveu aquilo. "Não adianta só emitir notas como se fosse reproduzir a música. Temos que ter a experiência da letra". Logo depois dela falar, o cantor Saulo fez o seu comentário citando a palavra doçura, o que levou Patricia a voltar a opinar dizendo que "Essa doçura que eu acho que falta NO GERAL, é tudo muito gritado, exagerado. Falta alguém que cante um pouco mais doce, mais suave. É uma visão que eu tenho, de assistir os programas. Cantar não é gritar o tempo inteiro, nem alcançar todas as notas, nem fazer mil coisas com a voz".  Nesse momento a torcida de Lua Blanco começou a ensaiar uma vaia para Patricia, que não deixou por menos  (senão não seria a nossa Paty né? Rs) e retrucou: "Gente, é o que eu acho. Sou cantora e estou há mais de trinta anos aí. É minha humilde opinião". As pessoas começaram a aplaudir ao mesmo tempo que Taís  (que estava com Lua no palco) interferiu pedindo respeito: "Vaiar não vale. Lembra o que a gente fala se respeito aqui antes de começar?  Vamos respeitar os especialistas".

Ao final do programa, quem ficou com as vagas foram os atores Mohamed Harfouch e Sérgio Guizé. Lua foi eliminada, mas seria de qualquer forma, não foram os dois décimos tirados por Patricia o responsável por isso. Mas a polêmica nas redes sociais já estava instaurada. De um lado, comentários criticando a atitude de Patricia, a chamando de deselegante, que ela não precisava falar daquele jeito, mas a maioria elogiando seus comentários, dizendo que ela estava ali para julgar/ aconselhar mesmo, concordando que os candidatos gritavam demais mesmo ou criticando a falta de educação da platéia que vaiou a convidada por não falar o que eles queriam ouvir. O nome de Patricia foi tão citado no Twitter que chegou a ficar entre os dez assuntos mais comentados. Os fãs   da atriz então, não perdoaram, passando a criticar nas redes sociais ou enchendo o perfil de Patricia até de xingamentos. Ao saber que a atriz tinha problemas de depressão, Patricia se pronunciou:  "Emocionante o programa de hoje, muito difícil julgar as pessoas, sofri muito. E queria mandar um alô pro fã-clube da Lua, sei que vocês ficaram chateados, não sabia que ela teve problemas com depressão e que estava passando por uma superação, a gente está aqui pra se divertir, avaliar, eu avaliei como cantora, não como pessoa, até por não conhecer a vida dela. Um beijo pra ela".

O assunto rendeu comentários em vários sites, alguns até com títulos pra lá de sensacionalistas. Minha opinião é que foi feita muita tempestade em copo d'agua. Todo mundo sabe que ali é uma competição e que uma hora todos vão ser eliminados, com exceção do vencedor, claro. A atriz não era uma das favoritas ao prêmio, mesmo antes de sequer a Patricia pensar em ser convidada a participar. As pessoas não sabem interpretar porque é só rever o programa para constatar que o segundo comentário de Patricia não foi para a atriz, como a maioria dos seus fãs estavam argumentando, mas para todos, que parece que acham que ter voz é só se esgoelar o tempo inteiro e esquecem de entender a letra e interpretar com emoção. Conseguir cantar em tom alto é legal, mas não pode ser só isso. Patricia só fez o que foi chamada pra fazer, avaliar o desempenho dos candidatos dando sua opinião, o que fez muito bem. Se fosse só pra elogiar e dar dez pra todos, não precisaria de especialistas, não é verdade?

Pra completar,  a atriz e apresentadora do programa Taís Araújo fez mil elogios a Patricia no ao vivo que rolou no Gshow dizendo que era muito fã da cantora desde a adolescência, sendo até presenteada com o seu novo álbum.







Nenhum comentário:

Postar um comentário