Pesquisar este blog

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

30 ANOS DE UM GRANDE SUCESSO #PATRICIAPATY30ANOS


Há 30 anos, chegava às lojas o primeiro disco solo de Patricia Marx (Na época, ainda só "Patricia"). A menina, então com 13 anos, já tinha uma carreira vitoriosa, com a dupla com Luciano e com o Trem da Alegria, mas já não se sentia a vontade cantando os sucessos infantis e pediu para sair do grupo. Com o apoio de Michael Sullivan (que precisou remar contra a maré, pois a gravadora só queria  lança-la como cantora solo aos 16 anos) e a apresentadora Xuxa, que sempre acreditou no seu talento, ela logo começou a gravar o projeto. Com dificuldades para conseguir músicas, pois os compositores ainda a viam como menina e só enviavam músicas infantis, Michael Sullivan e o parceiro Paulo Massadas resolveram compor a maioria das músicas do álbum, com exceção de uma regravação do ídolo de Patricia, o compositor Tom Jobim, que ela fez questão de gravar, já mostrando o refinado gosto musical.
Com uma das músicas do disco, "Festa do Amor", estrategicamente incluída na nova novela das 18 hs da Globo, que era ambientada nos anos 60, logo todo mundo se perguntava de quem era aquela voz afinada que cantava o tema contagiante da personagem de Carla Marins, uma adolescente que aprontava mil e uma maldades na trama. Quando o disco chegou às lojas, a música já era um sucesso, subindo cada vez mais degraus nas paradas musicais do Brasil. E o que se viu, foi um belo trabalho, produzido pela dupla Sullivan e Massadas, com direção artística de Miguel Plopschi, e com participação de feras da música, como o arranjador Lincoln Olivetti, o grupo Roupa Nova (que fez os arranjos da faixa "Te Cuida Meu Bem"), o saxofonista Leo Gandelman (que toca em "Vivo Sonhando") e  o guitarrista Marcelo Sussekind (presente em "Raio de Luar", "To Be Or Not To Be", "Coração na Mão"e "Quem me Dera"). E no centro de tudo,  uma cantora, que apesar de tão jovem já mostrava imenso talento, segurança e uma voz afinadissíma, como raras em sua idade.
E o resultado de tudo foi um imenso sucesso. Com apenas três meses de lançamento, o disco já tinha vendido 250.000 cópias, tendo conquistado discos de ouro e platina e com a cantora frequentando todos os programas de TV da época e Patricia conquistando elogios da crítica especializada. E provando que não era cantora de um hit só, ainda emplacou outro grande sucesso no mesmo álbum, "Te Cuida Meu Bem", que ajudou ainda mais que o álbum chegasse no final, às 350.000 cópias vendidas. Um grande sucesso, e um dos discos mais vendidos da temporada 87/88.

#PatriciaPaty30anos


Nenhum comentário: